Quando me aposentarei?

Quando me aposentarei?

Quando estamos nos aproximando dos 50, 60 anos,

começamos a nos preocupar acerca de quando nos aposentaremos

Rafael Gabarra


Uma etapa muito importante de nossas vidas, após anos de trabalho, é a aposentadoria. O ideal é sempre planejar a sua previdência desde o começo para garantir o melhor benefício quando chegar a hora.


Durante esse período é normal que surjam diversas dúvidas. Por exemplo: Como saber se eu já contribuí com todos os anos necessários para me aposentar? Como calcular a minha aposentadoria? É possível pagar o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para completar os anos que faltam de contribuição?


Hoje, responderemos algumas dessas dúvidas.


Como saber se eu já contribuí com todos os anos necessários para me aposentar?

O primeiro passo para saber se você está próximo de se aposentar é fazer um levantamento junto à Previdência Social. Hoje, o INSS disponibiliza na plataforma “Meu INSS” o CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) e uma simulação do seu tempo de contribuição com base nas informações deste cadastro.


O CNIS, basicamente, contém toda a sua relação de empregos, período trabalhado, recolhimentos como autônomo e valores das contribuições feitas ao INSS. O simulador de tempo identifica todas as informações constantes no CNIS e faz uma simulação do seu tempo atual, já com uma previsão de sua provável RMI (Renda Mensal Inicial).


Atenção. Tenha muito cuidado! As simulações do INSS, por serem feitas por um sistema, consideram todos os vínculos constantes no CNIS. Sendo assim, ele não computará períodos que estejam em sua Carteira de Trabalho. Ele não considera períodos de atividade especial e não permite inclusão ou correção de tempos.


Por isso, contar com o auxílio de um especialista previdenciário é importante, pois uma contagem de tempo depende de diversos fatores que devem ser considerados para um resultado mais efetivo.


Como calcular o tempo para aposentadoria?

Essa é a maior dúvida entre os que pensam em se aposentar. Quando uma pessoa trabalha do dia 1º a 30 abril, ela tem 30 dias contados. Caso o tempo seja entre os dias 5 e 25, terá 20 dias reconhecidos. São contados os dias corridos, tendo o indivíduo trabalhado todos eles ou não.


Quais trabalhos podem ser contados para aposentadoria?

O trabalho na área rural, mesmo com seus pais, pode ser considerado tempo para a aposentadoria. O Serviço Militar Obrigatório também é considerado, assim como o período de Residência. Estágios não são contados como tempo de trabalho.


Como é contado o tempo de trabalho com insalubridade?

Se você trabalhou durante 15, 20 ou 25 anos exposto a agentes nocivos a sua saúde, poderá se aposentar por meio da Aposentadoria Especial. Para homens há um acréscimo de 40% no tempo trabalhado e para mulheres, 20%.


Ou seja, se o homem trabalhou por 10 anos, multiplicará pelo coeficiente 1,40 e terá acrescido 4 anos ao seu tempo, completando 14 anos. Para as mulheres será aplicado o coeficiente 1,2, que acrescerá 2 anos.


Importante! O coeficiente pode ser aplicado em qualquer período em que tenha ocorrido exposição a agentes nocivos, mesmo que não tenham sido completados 15, 20 ou 25 anos. Portanto, se em algum momento você trabalhou em atividade especial, poderá recorrer para acrescentar os coeficientes e ter seu tempo para se aposentar aumentado.


Posso pagar o INSS para completar o meu tempo de aposentadoria?

Depende. Para que você faça isso é preciso comprovar que, durante os anos em que não houve contribuições, você trabalhava como empresário ou autônomo. Também deverá apresentar documentos daquela época.


Como saber qual aposentadoria é mais vantajosa?

Após fazer todo levantamento administrativo, apuradas todas as peculiaridades de cada caso e incluídas na contagem do tempo de contribuição, passamos à análise sobre qual aposentadoria você tem direito e qual delas é a mais benéfica ao cidadão.


Cada benefício possui requisitos diferentes para sua concessão, dependendo do tempo e da idade do cidadão. Além dos requisitos, existem as chamadas Regras de Transição, que podem ser mais vantajosas em determinados casos.


Para concluirmos, para se aposentar com segurança, primeiro planeje sua aposentadoria desde cedo. Assim garantirá um benefício mais vantajoso. Segundo, busque sempre o conselho e a orientação com um especialista em Direito Previdenciário, pois, apesar de ser relativamente simples, em todo esse processo um único erro pode custar muito caro.

0 visualização

ÁREAS DE ATUAÇÃO

  • INSS REGIME GERAL
  • SERVIDOR PÚBLICO
  • MILITAR
  • TRABALHISTA
  • EMPRESARIAL
  • CÁLCULO E PLANEJAMENTO
  • INTERNACIONAL E CONSULTORIA

APOSENTADORIA POR PROFISSÃO

ENDEREÇOS

Av. Áurea Aparecida Braghetto Machado, 185 

City Ribeirão - Ribeirão Preto  |  CEP 14021-450 

Av. Paulista, 726 - CJ 1707 - 17º Andar 
Bela Vista - São Paulo  |  CEP 01310-910 

© 2020 GABARRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS